¤ Bem-Vindos ao
Cantinho da Carol ¤





¤ Meu nome

Ana carolina...
Amo dias nublados, cheiro de grama molhada, madrugada, noites silenciosas,ver o nascer e morrer das ondas quebrando-se na beira da praia, pôr-do-sol, serra, clima frio, árvores de troncos e copas altas. Transito bem pelo mundo dos contos de fadas ou qualquer coisa que afine a imaginação. Escrevo porque não tenho habilidades com pincéis; faço das letras minha tela; esparramo tinta nas palavras e mergulho nas imagens que vão nascendo despudoradamente. Acredito que "poetisa" é palavra mística. Esse blog pode ser de qualquer coisa que me dê na telha, tudo misturado mesmo: Paulistana, gosto de autores como: Clarice Lispector, Lygia Fagundes Telles, Virgínia Woolf, Cecília Meirelles, Manoel de Barros, Raduan Nassar e Paulo Coelho.
Gosto de pessoas que têm olhos de poeta. Tenho sol em áries, ascendente e a lua no signo de Leão, o que resulta numa "água borbulhante". Sensível,extremamente emotiva,sonhadora, idealista, intuitiva, como são as criaturas nascidas sob o signo de Escorpião, mas bastante impulsiva, às vezes arisca, autoritária e ansiosa. Acima de tudo, posso dizer que dentro de mim há gente demais: um mundo inteiro.








Online Users




¤ Ouvindo ¤

" Lady Antebellum "-"Need You Now"















¤ ¤ ¤



¤carolina2003@uol.com.br

¤ ¤Eu Participo ¤












¤ Poemas Passados

Histórico:

-
Ver mensagens anteriores





¤ Amigos de Carol ¤




- ¤ Blog UOL¤
- ¤Aqueta¤
- ¤Anne¤
- ¤Aqueta¤
- ¤Meu Humildizinho¤
- ¤Força do amor¤
- ¤Aqueta-2¤
- ¤Sombras do Sol¤
- ¤O detentor do destino¤
- ¤Meu Caderno de Bolso¤
- ¤Bela da Noite¤
- ¤ Dr X ¤
- ¤ Mago merlim ¤
- ¤Aquetinha¤


¤ Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:




¤Prêmios Recebidos














VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil












- Postado por: Ana Carolina às 08:39
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

O meu tempo chegou ao fim...

Pedi à Luz, um terrestre e humano tempo...
Sob juramento de regressar; no preciso instante Onde o tempo ia parar
O meu intento era nesta esfera te procurar
Pensei que talvez tivesses descido
As asas também despido
Crendo aqui me encontrar
Perdidos...Desencontrados... Incompletos... Quebrados...
Estamos os dois fragilizados
Almas errantes
Chamas gêmeas distantes
Enquanto separados
Procurei-te nas neves...Nas areias...Nos olhares...Nas marés vazias e cheias...Nos gestos...Nos odores...Nas carícias...Nos sabores...E não te encontrei
Procurei-te nas canções
Nos poemas
Nas ilusões
Nos corpos suados, pelo amor salgado
Pela ternura adocicada não te achei
O meu tempo aqui acabou
Mas de ti nunca vou desistir
Mais vidas
Mais caminhos
Mais portais
Mais luas e sois hão de vir Mais e mais Diferentes...
só na esperança do reencontro igual!
O meu tempo chegou ao fim
Mas não o meu amor por ti
Que preservo como a pureza desenhada e gravada
Em mandala dentro de mim!

Desconheço o autor



- Postado por: Ana Carolina às 08:42
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________