¤ Bem-Vindos ao
Cantinho da Carol ¤





¤ Meu nome

Ana carolina...
Amo dias nublados, cheiro de grama molhada, madrugada, noites silenciosas,ver o nascer e morrer das ondas quebrando-se na beira da praia, pôr-do-sol, serra, clima frio, árvores de troncos e copas altas. Transito bem pelo mundo dos contos de fadas ou qualquer coisa que afine a imaginação. Escrevo porque não tenho habilidades com pincéis; faço das letras minha tela; esparramo tinta nas palavras e mergulho nas imagens que vão nascendo despudoradamente. Acredito que "poetisa" é palavra mística. Esse blog pode ser de qualquer coisa que me dê na telha, tudo misturado mesmo: Paulistana, gosto de autores como: Clarice Lispector, Lygia Fagundes Telles, Virgínia Woolf, Cecília Meirelles, Manoel de Barros, Raduan Nassar e Paulo Coelho.
Gosto de pessoas que têm olhos de poeta. Tenho sol em áries, ascendente e a lua no signo de Leão, o que resulta numa "água borbulhante". Sensível,extremamente emotiva,sonhadora, idealista, intuitiva, como são as criaturas nascidas sob o signo de Escorpião, mas bastante impulsiva, às vezes arisca, autoritária e ansiosa. Acima de tudo, posso dizer que dentro de mim há gente demais: um mundo inteiro.








Online Users




¤ Ouvindo ¤

" Lady Antebellum "-"Need You Now"















¤ ¤ ¤



¤carolina2003@uol.com.br

¤ ¤Eu Participo ¤












¤ Poemas Passados

Histórico:

-
Ver mensagens anteriores





¤ Amigos de Carol ¤




- ¤ Blog UOL¤
- ¤Aqueta¤
- ¤Anne¤
- ¤Aqueta¤
- ¤Meu Humildizinho¤
- ¤Força do amor¤
- ¤Aqueta-2¤
- ¤Sombras do Sol¤
- ¤O detentor do destino¤
- ¤Meu Caderno de Bolso¤
- ¤Bela da Noite¤
- ¤ Dr X ¤
- ¤ Mago merlim ¤
- ¤Aquetinha¤


¤ Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:




¤Prêmios Recebidos














VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil










 

Gotas de orvalho
São estes os pedaços de que são feitos a minha vida.
Pequenas gotas de água...lágrimas de tempos passados?
Talvez, não recordo mais o passado que vivi apenas recordo o momento que em mim me tornei. . .
Apenas recordo o cantos e recantos por onde as minhas palavras deixei, pedaços de papel de tempo...
perdidos no vazio, escritos com a brisa.
Pequenos nadas é o que se costuma dizer que a vida é feita.
Pequenos nadas de perfeição imperfeita.
Pequenos nadas como estas pequenas flores presas nas gotas do orvalho da noite.



- Postado por: Ana Carolina às 00:23
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

Adeus...
Queria ter coragem para dizê-lo...
Adeus...
Queria dizer, e caminhar sem olhar para trás...
Não sentir falta da tua voz...
Do teu sorriso...
Queria sufocar este amor,
arrancá-lo do meu coração...
e deixá-lo vazio...
Queria fechar os meus olhos e
não ver você... não sentir seus lábios...
Não enxergar o brilho nos teus olhos...
Um brilho que me revela tantas coisas...
Queria ser capaz de dizer adeus...
De renegar tudo o que sinto...
De fingir que nada existiu...
Mas tua lembrança é forte,
permanece em cada momento do meu dia...
Quando acordo, quando penso,
quando olho a chuva cair pela vidraça...
Quando ouço uma canção,
quando... quando respiro....
Você faz parte de mim...
e não consigo dizer... adeus...



- Postado por: Ana Carolina às 17:33
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

 

Dor que dói mais

Em algum lugar do passado, devemos
ter feito algo de muito grave, para:

Bater o dedo numa porta dói.
Bater com o queixo no chão dói.
Torcer o tornozelo dói.
Um tapa, um soco, um pontapé, doem.
Dói bater a cabeça na quina da mesa,
dói morder a língua, dói cólica,
cárie e pedra no rim.

Mas o que mais dói é a saudade.
Saudade de um irmão que mora longe.
Saudade de uma cachoeira da infância.
Saudade do gosto de uma fruta que
não se encontra mais.
Saudade do pai que morreu,
do amigo imaginário que nunca existiu.

Saudade de uma cidade.
Saudade da gente mesmo, que o tempo não perdoa.
Doem essas saudades todas.

Mas a saudade mais dolorida
é a saudade de quem se ama.
Saudade da pele, do cheiro, dos beijos.
Saudade da presença, e até da ausência consentida.
Você podia ficar na sala e ela no quarto,
sem se verem, mas sabiam-se lá.
Você podia ir para o dentista e ela para a faculdade,
mas sabiam-se onde.

Você podia ficar o dia sem vê-la,
ela o dia sem vê-lo, mas sabiam-se amanhã.
Contudo, quando o amor de um acaba,
ou torna-se menor, ao outro sobra uma
saudade que ninguém sabe como deter.
Saudade é basicamente não saber.

Não saber mais se ela continua fungando num
ambiente mais frio.
Não saber se ele continua sem fazer a barba
por causa daquela alergia.
Não saber se ela ainda usa aquela saia.
Não saber se ele foi na consulta com o
dermatologista como prometeu.

Não saber se ela tem comido bem por causa
daquela mania de estar sempre ocupada,
se ele tem assistido as aulas de inglês,
se aprendeu a entrar na Internet e encontrar
a página do Diário Oficial,
se ela aprendeu a estacionar entre dois carros,
se ele continua preferindo Malzebier,
se ela continua preferindo suco,
se ele continua sorrindo com aqueles olhinhos
apertados, se ela continua dançando daquele
jeitinho enlouquecedor, se ele continua cantando
tão bem, se ela continua detestando o MC Donald's,
e ele continua amando, se ela continua a
chorar até nas comédias.

Saudade é não saber mesmo!
Não saber o que fazer com os dias que
ficaram mais compridos, não saber como
encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento,
não saber como frear as lágrimas diante de
uma música, não saber como vencer a dor de um
silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer saber se ela está com outro,
e ao mesmo tempo querer.
É não saber se ele está feliz, e ao mesmo tempo
perguntar a todos os amigos por isso...
É não querer saber se ele está mais magro,
se ela está mais bela.

Saudade é nunca mais saber de quem se ama,
e ainda assim doer.

Saudade é isso que senti enquanto estive
escrevendo e o que você, provavelmente,
está sentindo agora depois que acabou de ler...!!!

Martha Medeiros



- Postado por: Ana Carolina às 00:12
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________