¤ Bem-Vindos ao
Cantinho da Carol ¤





¤ Meu nome

Ana carolina...
Amo dias nublados, cheiro de grama molhada, madrugada, noites silenciosas,ver o nascer e morrer das ondas quebrando-se na beira da praia, pôr-do-sol, serra, clima frio, árvores de troncos e copas altas. Transito bem pelo mundo dos contos de fadas ou qualquer coisa que afine a imaginação. Escrevo porque não tenho habilidades com pincéis; faço das letras minha tela; esparramo tinta nas palavras e mergulho nas imagens que vão nascendo despudoradamente. Acredito que "poetisa" é palavra mística. Esse blog pode ser de qualquer coisa que me dê na telha, tudo misturado mesmo: Paulistana, gosto de autores como: Clarice Lispector, Lygia Fagundes Telles, Virgínia Woolf, Cecília Meirelles, Manoel de Barros, Raduan Nassar e Paulo Coelho.
Gosto de pessoas que têm olhos de poeta. Tenho sol em áries, ascendente e a lua no signo de Leão, o que resulta numa "água borbulhante". Sensível,extremamente emotiva,sonhadora, idealista, intuitiva, como são as criaturas nascidas sob o signo de Escorpião, mas bastante impulsiva, às vezes arisca, autoritária e ansiosa. Acima de tudo, posso dizer que dentro de mim há gente demais: um mundo inteiro.








Online Users












¤ ¤ ¤



¤carolina2003@uol.com.br

¤ ¤Eu Participo ¤












¤ Poemas Passados

Histórico:

-
Ver mensagens anteriores





¤ Amigos de Carol ¤




- ¤ Blog UOL¤
- ¤Aqueta¤
- ¤Anne¤
- ¤Aqueta¤
- ¤Meu Humildizinho¤
- ¤Força do amor¤
- ¤Aqueta-2¤
- ¤Sombras do Sol¤
- ¤O detentor do destino¤
- ¤Meu Caderno de Bolso¤
- ¤Bela da Noite¤
- ¤ Dr X ¤
- ¤ Mago merlim ¤
- ¤Aquetinha¤


¤ Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:




¤Prêmios Recebidos














VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil










 

Saudade

Saudade é um pouco como fome.
Só passa quando se come a presença.
Mas às vezes a saudade é tão profunda
que a presença é pouco:
Quer-se absorver a outra pessoa toda.
Essa vontade de um ser o outro
para uma unificação inteira
é um dos sentimentos mais urgentes
que se tem na vida

Clarice Lispector

Saudade...sentimento puro...desejo insano
que corrói a alma...
Saudade...ferida que jamais cicatriza
e deixa marcas profundas...
Ah!!! Saudades...
Saudades de Ti!!!

@na C. Martins



- Postado por: Ana Carolina às 14:39
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

Sampa

(Caetano Veloso)

Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga
e Avenida São João.
É que quando eu cheguei por aqui
Eu nada entendi
Da dura poesia concreta de tuas esquinas,
Da deselegância discreta de tuas meninas.
Ainda não havia para mim Rita Lee,
A tua mais completa tradução.
Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga e Avenida São João.



- Postado por: Ana Carolina às 14:20
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




 

O que é o Amor?

É um pedaço do teu corpo entregue em outra alma, É o pensamento que vaga distante, quando tu não estás presente.
É o jeito de falar com os olhos, sem precisar nada dizer, É só se perceber o brilho, que ofusca a quem se busca...
É deixar vagar a mente...
É saber que mesmo distante, tens teu coração junto ao meu...
É saber que tu podes penetrar no meu corpo, sem precisar me tocar...
É sentir que estás perto, mesmo sem te enxergar...

É perceber que tu chegastes com o tempo...
Nos descaminhos que nos fizeram unir os corpos, Como se as almas se encontrassem...
É sentir-se completo, pleno, cheio de forças e de sonhos...
É poder sentir teu toque, teu cheiro, teu gosto, teu ser...
É sentir o ofegar da tua respiração, quando encontra com a minha...

É saber que teu abraço, me sustenta e me ampara...
É ouvir tua voz trêmula, com medo da vida que me trouxestes até tu.
É ver que o tempo passou mais devagar para mim...

O Amor, o que é o Amor...
nessa vida sem rumo, sem tempo certo?
É o encontro da escuridão da noite, com os raios do sol...
É o nascimento da semente, que cresce para a vida...
Que faz crescer a flor, que exala o mais doce perfume...
E que se deixa morrer, para que dela outras possam nascer...

O Amor, o Amor é...

O encontro das gotas do mar, que fazem crescer as águas...

É a chuva que cai...
É o vento forte, que se mostra na tempestade...
É a brisa que te beija sempre ao amanhecer...
É o sol que brilha, lembrando que é hora de um novo amanhecer...

O Amor, o Amor é...

Como a vida, que começa devagar, nos passos incertos de uma criança...

Depois continua na incerteza de passos ainda mais incertos...
E por fim, se vê o caminho que o tempo não te deixou seguir
Por não ter chegado a tua hora...

E quando é a hora de Amar???
São todos os segundos que a vida te entrega,
São todas as manhãs que o dia te chama,
São todas as noites que o dia te cala.

É quando teu coração se prepara para dar,
Não esperando para receber...
É quando tu te entregas, sem medo de perder...
É quando tu consegues sorrir de tanto chorar...
É quando tu consegues se elevar dos sonhos...
É quando teus lábios murmuram o silêncio...
É quando tua voz penetra no espaço...
É quando tu sentes que chegou tua hora...
É quando as horas encontram seu tempo...
É quando um pedaço de mim se vai...
É quando percebo que tu já não vives em mim..

É então que busco encontrar os sonhos...
Para então poder ter a vida ao meu alcance...
Antes que eu não possa mais senti-la...
É tentar te encontrar na eternidade...
Para novamente poder te Amar...

(desconheço o autor)



- Postado por: Ana Carolina às 16:46
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________